26 de novembro de 2009

A Tempestade

Ainda é dia
Mas chegou a escuridão
Uma enorme nuvem cobriu o céu

Logo chegou o vento
Mais tarde a chuva
Passou a tempestade

Muitas marcas ficaram
Descontentamento e tristeza
De um tempo já passado

Assim é a natureza
Fruto de uma evolução
Hoje é inverno e amanhã faz verão

As tempestades vem e se vão
Algumas causam desastres
Outras desilusão...

Por Angella Maria

2 comentários:

Sônia Silvino disse...

Oi, Angella! Também gosto de poemas e poesias. Já sou tua seguidora. Convido-te a conhecer meu perfil e visitar meus blogs. Ficarei feliz.
Abraços!!!

Sônia Silvino disse...

Esqueci de te dizer que a minha irmã se chama Ângela Maria, com um l. Bjkas!